negocios

PROTAGONISTA OU COADJUVANTE DA SUA CARREIRA?

O protagonista da sua carreira é você, ser feliz e realizado profissionalmente, depende, deste entendimento.

Carreira é muito mais que uma profissão; hoje, carreira é fluir nos conhecimentos, habilidades, atitudes, valores e adaptação e flexibilidade no entorno. Sendo que, o conhecimento (saber) é tudo que se aprende por cursos formais, livros, internet, pesquisas, é o estado constante de aprender a aprender; a habilidade (saber fazer) é a capacidade de usar o que foi aprendido, de fazer as coisas, colocando em prática o conhecimento; e a atitude é o ação na prática, o comportamento cotidiano, a decisão de fazer ou não algo, valores, os itens que não abrimos mão e entorno, tudo que está ao nosso reder e interfere na entrega e nos resultados.

Para conquistar uma carreira com propósito é necessário planejamento, foco, disciplina, atitude e objetivo, ou seja, é necessário escolher o caminho e assumir a direção.

Existem alguns passos como desenvolver o autocohecimento, descobrir o que ama fazer, desenvolver as competências, a excelência de atuar, caminhando para uma vida produtiva, oferecer o seu trabalho se ser pago por isto e fazer algo que impacta e deixa sua marca no mundo.

No meu trabalho, eu me deparo constantemente, com algumas pessoas felizes, motivadas e realizadas com o desenvolvimento da carreira e um número cada vez maior de pessoas infelizes, estressadas e desmotivadas.

Geralmente, as pessoas que são felizes e motivadas profissionalmente têm como diferencial, saber o que querem, assumiram o planejamento e a ação sobre a carreira, tendo como alicerce o propósito, a missão, os valores, pois, em algum momento, tomaram para si a decisão de para onde querem ir e como e quando pretendem chegar.

Por outro lado, as pessoas infelizes e estressadas profissionalmente, independente, da idade, posição ou fase da carreira, encontram-se perdidas, não sabem para onde querem ir e deixam a sua carreira nas mãos dos outros, dando-lhes o poder de mandar-lhes para qualquer caminho profissional.

Como consequência ao processo de ausência na direção da própria carreira estes profissionais, se tornam anônimos e não assumem a culpa por sua insatisfação, e, sendo assim, não tomam para si a responsabilidade da gestão da sua carreira.

Hoje, não adianta, somente, o domínio do conhecimento, é necessário o melhor equilíbrio das competências relacionais e sociais, bem como, uma vida voltada ao aprender ( lifelong learning); também é necessário, fazer o melhor uso das competências, criar, inovar os processos e fazer entregas de valor que se traduzam em resultados, sabendo utilizar com maestria os recursos materiais e a cadeia de relacionamentos humanos, sendo sempre o  protagonista da carreira e não apenas um coadjuvante.

Estas perguntas são para você:

Você é o protagonista ou o anônimo da sua carreira?

Como os outros lhe percebem no ambiente de trabalho?

Por quê os outros são promovidos e você não?

O que você tem feito para ser o próximo da lista?

O que você tem de especial, diferente? Você usa o seu potencial?

Qual seu planejamento estratégico para a sua carreira?

Qual a sua missão? Quais são os seus valores? Qual o seu propósito?

Como você vem tratando seus conhecimentos, habilidades e atitudes?

O quanto você acredita que pode ser melhor e qual o seu grau de comprometimento?

A sua carreira é responsabilidade de quem?

Onde estão os seus sonhos? 

Qual o legado que você quer deixar?  

Você é feliz? Você ama o que faz?

Você prefere a segunda-feira ou a sexta-feira?

Se, você é líder como você trata a sua equipe?

Você imagina os que seus pares e sua equipe falam sobre você?

Sua família se sente bem com seu trabalho?

O que você sonhava fazer quando criança e deixou para trás? V

ocê abriu mão dos seus sonhos?

Você prefere ser piloto ou passageiro?

Ao responder estas perguntas com extrema sinceridade, descobrirá se você é o ator principal da sua carreira, um profissional feliz e tem fome de crescer ou é um ator coadjuvante, profissional em evolução e que tem o compromisso íntimo e pessoal de mudar ou é apenas aquele que fica atrás das cortinas, vendo o espetáculo acontecer e esperando que digam o que deve fazer e para onde deve ir.

Apenas entenda, a responsabilidade é sua e as escolhas também, crescer, mudar e evoluir ou ficar esperando que alguém decida por você, nenhum caminho é fácil, mas, a sua decisão, fará a diferença na sua história.

Hoje, o mundo exige que você use o seu poder humano e tire o robô que há em você, que você tenha um mindset empreendedor e pense a sua carreira como um negócio, que consiga olhar o mundo e ligar os pontos, utilizando suas forças e eliminando o que limita e que seja um investidor de si mesmo e não um expectador do que os outros possam fazer por você. A decisão e a responsabilidade é exclusivamente sua. O que você decide? Protagonista ou Coadjuvante? Piloto ou passageiro?

ERIKA A ROSSI

Graduada em Administração de Empresas, especialista em Gestão de Pessoas e Recursos Humanos, possui também formações e treinamentos em Gestão Planejamento Estratégico, Subsistemas de Recursos Humanos, Master Business Executive Coach, Practitioner em PNL, Gestão Comportamental. Erika atuou na liderança de projetos e pessoas em expressivas organizações nacionais e multinacionais, num trabalho de mais de duas décadas, conectando Planejamento Estratégico Organizacional, Recursos Humanos e Gestão de Pessoas. Diretora do Nicho de Coaching Corporativo e Expansão & Regionais da ABRAP Coaching – Associação Brasileira dos Profissionais de Coaching. Hoje, atua diretora da EAR Consultoria de Desenvolvimento Organizacional e Humano especializada em desenvolvimento de projetos, treinamentos, workshops e palestras na área de Gestão de Recursos Humanos, Gestão de Negócios, Planejamento Estratégico, Liderança, Gestão Comportamental, Educação Corporativa, Mentoria de Carreira e de Recursos Humanos e Business Executive Coaching. Também é coautora do livro “Coaching Empresarial” da Editora Leader e atua como criadora e/ou assessora de projetos e eventos para a transformação comportamental de Organizações e Pessoas, entre eles Startup Coaching, 1º. Congresso de RH do Sul e Sudeste do Pará.

Coautora da metodologia Sensibilização Organizacional, onde o nosso trabalho é realizado para facilitar a transformação comportamental das pessoas. Quanto mais pessoas tiverem a capacidade de vivenciar o autoconhecimento, o autodesenvolvimento, a autoestima e a autoliderança, maior é a oportunidade de termos uma humanidade onde a sabedoria humana é o projeto de sucesso, impactando a transformação que queremos no Mundo.

Tags: No tags
0

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *